quarta-feira, 21 de março de 2018

Olá amigos,
Em primeiro lugar peço desculpas por tanto tempo sem postagens neste canal. Pra não me alongar demais no assunto, o ano passado foi demasiadamente conturbado.
Minha amada mãe, inspiração para os trabalhos no barco, teve uma série de problemas de saúde.

No mês de novembro, o Criador da Vida decidiu por seu retorno a pátria espiritual. Muitas e muitas vezes ela ficou ali, sentada na escada, me vendo trabalhar no barco, o meu sonho sendo concretizado. Isso faz naufragar os ânimos de qualquer um.
Como se isso não bastasse, minha fonte pagadora passou a atrasar o salário sem qualquer aviso, demonstrando todo seu desrespeito.

Mesmo assim, no mês de dezembro, comprei muitos metros de cabo, escotas, mordedores e roldanas.
Mas pretendia, em janeiro e fevereiro, levar o barco para uma marina e concluir a construção. Porém, tudo parado, primeiro a família e as inúmeras contas do inicio do ano, depois o resto.
Ainda, foi visitar duas marinas em Bertioga. Que desespero, numa delas, uma tal de Marina do Forte, aparentemente um excelente lugar, com estrutura nota 10, mas um preço exorbitante, só R$2000,00 por mês mais os custos com um marinheiro.
(O que é isso companheiro, sou um assalariado!!!!)
Mas encontrei um lugar "sem nome" ou algo que lhe valha, por uns 250 reais, meio largado, onde não se pode deixar nada de valor no barco durante minha ausência e onde o barco fica socado na lama na maré baixa. Legal gostei, não deixa de ser uma opção, basta estudar melhor o lugar e conhecer as pessoas!

Olha só o que me falta fazer e comprar para finalmente velejar;
-Alinhar as travessas nos cascos.
-Comprar o estaiamento do mastro e monta-lo
-Construir a plataforma central e o trampolim da proa.
-Comprar e instalar o motor de popa.
-Comprar uma bateria e instalar as luzes de navegação.
-Comprar corrente das âncoras.
-Comprar todos os equipamento de salvatagem.
-Comprar algumas cartas náuticas.
-Renovar minha habilitação de mestre.

UFA, vou tentar mostrar todo o desenrolar dessa novela pra vocês.

Forte abraço e bons ventos a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário